No dia de hoje, recebemos, por e-mail, a resposta que o Governador de Santa Catarina Leonel Pavan deu aos senhores Átila Nunes e Átila Nunes Neto, em virtude da carta que lhe foi enviada pelos mesmos, em repúdio aos fatos ocorridos na noite de 26 de junho de 2010 na cidade de Jaraguá do Sul, SC.

Segundo esse e-mail, no dia 12 de julho de 2010, o Governador Leonel Pavan telefonou pessoalmente para o senhor Átila Nunes e durante a conversa fez a seguinte declaração:

“Reconheço, como Governador, que houve sim, uma absurda violência policial no ato de invasão de um culto religioso em Santa Catarina. Como Governador, tomei medidas enérgicas que sirvam de exemplo e nunca mais tal fato venha a ocorrer no nosso Estado, onde não toleramos qualquer tipo de discriminação”

Infelizmente, no e-mail não está descrito quais foram as medidas enérgicas tomadas. Pedimos aos nossos leitores de SC que, se souberem, postem um comentário sobre as medidas tomadas.

Aproveitamos para deixar registrado aqui que nós, do blog Registros de Umbanda, continuamos a apoiar atitudes como a dos senhores Átila Nunes e Átila Nunes Neto e agradecemos ao Governador de Leonel Pavan pelas providências tomadas em curto espaço de tempo.

Abs a todos, Renato Guimarães e Pedro Kritski.

Anúncios